Atendendo o cliente acabamos no motel

  • julho 3, 2020
  • 1173 views
12 votes

Oiii… me chamo Fátima(*), tenho 19 anos, tenho a pele clara, cabelo preto liso e longo, tenho 1.70 de altura e peso uns 68kg. Sou abençoada por ter um corpo perfeito sem nunca ter entrado numa academia, minha bunda é enorme (shorts 40), tenho peitos medianos e sou muito bonita de rosto tbm, carinha de anjo mas uma verdadeira puta na cama…. ( A mulher dos sonhos )

Ajudo meu pai com a agenda de clientes, ele tem uma oficina de carros, é um senhor muito respeitado e ninguém nunca se atreveu a dar em cima de mim lá… exceto um dos clientes, Jonatas, um moreno muito gato, sorriso lindo, corpo sarado, super legal e rico… Rsrsrs

Ele sempre ia na oficina levar carros de sua concessionário (vendia e alugava carros). Certo dia ele chegou num veloster, e meu pai foi logo ver.

Vamos fazer o que nessa belezinha – disse meu pai.

Nada, esse aqui trouxe agorinha da loja. – respondeu ele – vim só pegar uns recibos com Fátima.

E logo se virou pra mim… Meu pai foi embora e entramos no escritório.

-Nossa que carro bonito – falei pra ele.
-Gostou ? Ele combina com você nê ? Oque acha de darmos uma volta ?
– Eu ia amar fazer isso.
-Fechado, vou levar você pra conhecer alguns lugares e jantamos por aí pode ser?
-Claro, combinado. Nessa hora ele me olhou de baixo a cima e disse: veste algo legal pra mim…

No motel com o cliente

Marcamos pro dia seguinte. E ele foi me buscar no lugar marcado. Fui com um vestido justinho preto, salto alto e bem maquiada. Coloquei por baixo Minha melhor lingerie: um espartilho preto super sexy e uma calcinha minúscula.

Assim que entrei no carro ele falou: –Nossa, superou minhas expectativas. Está maravilhosa.
-Você gostou ?
-Muito.

Fomos em direção a praia e conversamos bastante no caminho… em certo momento ele parou o carro no acostamento e perguntou: o que acha de pararmos aqui ? Olhei pro lado e vi o melhor motel da cidade.
Olhei sorrindo pra ele, fazendo cara de inocente: uau Jonatas, que surpresa…

-Gostou ?
– Que mulher não gostaria Ne…

Entramos e fomos pra suíte.

Ele pediu vinho, queijo e morango, me senti ótima com aquilo, aquele homem maravilhoso estava me dando uma noite inesquecível ( e nem cheguei na melhor parte).

Depois de algumas taças já estava ficando mais adiantada e ele percebeu… começou a me beijar e lamber meu pescoço. Comecei a acariciar as pernas dele e passar as unhas. Ele logo tirou a camisa e me surpreendeu mais ainda, seu abdômen era bem definido, peitos enormes e quadrados… daí ele pediu: dança pra mim e tira esse vestido.

Logo atendi seu pedido… quando viu minha lingerie ele disse: caprichou em… gostei. Me pegou nos bracos e me levou pra cama. Depois de muitos beijos peguei no pau dele por cima da calça e pra completar era enorme. Ele colocou pra fora e arregalei os olhos na hora… um pau preto enorme e grosso. Comecei a chupar aquela torra e a deixar bem babado, ele empurrava minha cabeça pra mim engolir tudo. Chupei com vontade aquele pau e engoli quase todo, foi até minha garganta mas não coube, chupei tanto que minha boca doeu. Daí ele me deitou é começou a comer minha buceta rosinha, foi enfiando devagar e a medida que ficava folgada ele metia mais forte. Encostou no meu ouvido e disse: quero fazer você de puta sua safada.
– faz, sou sua putinha hoje.

Quando disse isso ele me colocou de 4, cuspiu no meu cu é começou a forçar com a rola pra entrar… me segurei na cama pra aguentar aquilo tudo entrando em mim… ele enfiava e segurava meu rabo aberto pra facilitar, quando entrou tudo começou a socar com mais e mais força, senti meu cu ficar folgado, ardeu bastante no começo mas eu aguentei e comecei a mandar ele meter forte (porque fiz isso) ele me agarrou pelos braços, fiquei com a cara na cama e começou a afundar aquele pau em mim…

Eu gemia feito louca, ele me chamava de puta, vadia, cachorra…. estava ficando louca com aquilo. Sabia que meu cu estava todo fudido. Fiquei em pé e ele veio por traz… agora só queria meu cu… me comeu em pé, de lado, de frente… fiquei em todas as posições possíveis pra ele meter no Meu rabo. Ele teria forte e sem pena de mim… me senti fraca depois de um tempo mas ele não parava… aquele filho da puta comeu tanto meu cu que me senti arrombada e sem prega nenhuma.

Depois de muito tempo ele falou: vem cá que quero encher sua boca de porra. Fiquei de joelhos e abri a boca pra ele… ele me mandou chupar as bolas e bater uma pra ele… prontamente atendi… passei a ponta da língua naquelas bolas gigante e comecei a punhetar a cabeça do pau ele…. quando de repente ele me puxou pelo cabelo e enfiou o pau na minha boca, logo senti um jato daqueles de gozo… parecia um cavalo, fiquei de boca cheia mas engoli tudo…

(*) Nomes fictícios


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

1 comentário para “Atendendo o cliente acabamos no motel

  1. Marcio • 4 de julho de 2020

    Muito top, gosto de mulher de iniciativa, me chama no zap vamos conversar xxx

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2020 - Contos Eróticos – Contos de Traição, Incesto, Pornô e Sexo

porno - xvideos porno - quadrinhos eroticos - hentai - Xvideos - Xvideo - Xvídeos - Acompanhantes DF - X Videos - Filmes Porno

error: