Meus Contos Eróticos » Incesto » Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

  • julho 26, 2018
  • 1576 views

Contos de Incesto: Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

Eu me chamo Augusto, tenho 42 anos, sou engenheiro e quando era mais novo, sempre fui namorador, e uma vez, durante um carnaval, fiquei com uma garota de Recife, transamos o carnaval inteiro e ela acabou ficando grávida.

Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

A mãe nunca contou pra ela sobre mim, mas quando minha filha, que se chama Mariana, fez 18 anos, ela ficou curiosa para me conhecer. Pra mim foi uma surpresa saber que eu era pai, até hoje nunca tinha tido um filho, nunca me casei, só namorando com garotas mais novas.

Conheci a Mari, conversamos por telefone e adorei ela, achei muito linda, confesso que pensei que se ela não fosse minha filha, eu comeria ela bem fácil, mas resolvi espantar esses pensamentos ruins. Marquei com ela da gente se encontrar nas férias, ela quis passar 15 dias aqui na minha cidade, eu fiquei bem empolgado e no dia marcado fui no aeroporto.

Caralho, minha filha é gostosa pra cacete, eu fiquei doido de tesão por ela, quando ela me abraçou, tive que me controlar, não sei o que aconteceu comigo. Ela veio no avião com um shortinho branco bem curtinho, uma blusinha, óculos escuros e seu cabelo loiro e comprido solto, batendo nas costas.

Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

A gente saiu de lá e ficamos conversando o caminho todo, ela me olhou de uma forma profunda e disse que eu era mais bonito do que nas fotos. Os dias foram passando, me divertia muito com ela, mas não conseguia segurar a vontade de transar com ela, tive que me aliviar, bati muita punheta e numa dessas ela acabou me pegando no flagra.

Tá pensando que ela ficou com vergonha? eu fui me desculpando, e ela disse:
-Não tem problema pai, eu sei que isso é normal! Posso ficar aqui com você?

Eu disse que sim, ainda sem jeito, ela deitou do meu lado na cama e fingiu prestar atenção num filme qualquer que tava passando na TV, mas de repente sem eu esperar, ela segurou no meu pau.

– Hummm, fica bem mais gostoso assim né? com ajuda, seu pau é tão grosso, papai! dá vontade de ficar o tempo inteiro com a mão aqui.

Nessa hora minha vergonha foi toda embora, deixei ela fazer o que quisesse. A Mari colocou meu pau pra fora, tava duro pra caralho, e ela começou uma punheta bem gostosa, agarrando meu pau com força com uma mão, e alisando meu saco com a outra, eu tava no céu e de repente ela sem parar a punheta, começou a lamber a cabecinha do meu pau, me chupando gostoso, sugando, até que enfiou tudo na boca.

Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

Eu comecei a movimentar meu quadril na direção da boca dela, pra foder aquela boquinha gostosa inteirinha, ela lambia gostoso pra caralho, eu fiquei com o maior tesão, segurei ela pelos cabelos e disse:

– Isso filha, que delícia! Chupa o cacete do papai vai, tá vendo como você deixou meu pau duro?

– Que delícia, pai! Quero que você goze bem gostoso na minha boca, tá?

E nisso ela continuou chupando e eu fui tirando seu shortinho, sua calcinha minúscula que tava toda molhada e comecei a dedilhar seu grelinho delicioso. Meti os dedinhos, senti ela ir empinando mais e rebolar nos meus dedos, eu passava os dedos da sua buceta até seu cuzinho e sentia ela se arrepiar todinha.

Ela chupava gostoso demais, mas acabou cansando:

– Pai, eu também quero sentir sua língua na minha bucetinha, me chupa vai!

Eu senti meu pau latejar, logo me ajoelhei na cama, ergui as pernas dela bem alto e comecei a cheirar sua buceta gostosa, lamber suas coxas, beijar, e ela se arrepiava, se contorcia inteira, e eu ali naquela tortura. Ela sem aguentar mais, começou a respirar mais forte e reclamar:

– Aí, não aguento mais, me chupa logo vai, me faz sua, chupa minha buceta, me fode com sua língua.

Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

Minha filha é muito safada, eu abocanhei seu grelinho, lambi, mordisquei, chupei, fiquei com a cara toda lambuzada do melzinho gostoso dela, mas depois de chupar bem gostoso, não aguentei, queria meter, precisava sentir meu pau entrando nela.

– Abre bem as pernas filha, vou meter devagarzinho, tá?

Eu fui encaixando o pau na buceta dela, ela bem apertadinha, gemi gostoso quando senti meu cacete entrar todinho, ela gemeu mais alto ainda e disse que tava uma delícia, que eu não parasse, e falou que meu pau tava arrombando a bucetinha dela.

Quanto mais minha filha falava sacanagem pra mim, mais tesão eu sentia.
-Ai filha, que bucetinha apertada, que delícia, eu vou gozar dentro dela!

Conheci minha filha de 18 anos e virei o macho dela

Eu dei umas 10 estocadas com força dentro da buceta dela, eu não aguentei e gozei muito gostoso. Minha porra entrou todinha na buceta dela, quando tirei o pau vi minha porra escorrendo daquela buceta gostosa.

Ela meteu os dedinhos e se lambuzou esfregando na boca, eu tava realizado depois dessa foda, ficamos nos beijando e o resto das férias foi uma delícia comendo minha filha gostosa!

Contos relacionados

Fotos de Mulheres Gostosas relacionadas

© 2018 - Meus Contos Eróticos