CONTOS ERÓTICOS - Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021) » Causos de Traição » Como me tornei corno da minha sugar baby – parte 2

Como me tornei corno da minha sugar baby – parte 2

  • julho 16, 2020
  • 3122 views
3 votes

Esta é uma continuação da história.. se quiser ler do inicio volte a parte 1 ..

Ela disse: Ok amor! E deu um sorrizinho. Quando voltei, fiquei de longe vendo e ela muito incomodada, querendo se desvencilhar do cara, com medo de minha reação, cheguei e ela disse( em inglês, claro) “ Esse é meu namorado! Viu, te disse que estou acompanhada!”

Eu com um sorriso no rosto, disse oi, tudo bem? Perguntei se ele era de New York e ele disse que não. Italiano.

Eu disse, em Italiano, Que legal! Adoro a Itália e os Italianos!( VERDADE) Ela então olhou pra mim e perguntou: Oque você disse??? Expliquei à ela e ela sorriu! Dizendo..: Não sabia que falava Italiano.

Eu: Não falo…rsss Falo muito pouco.

Ela sorriu e continuou dançando olhando pra mim, formando uma rodinha de 3 pessoas.
Ele me perguntou de onde éramos, eu disse que do Brasil e ele, como um bom Italiano, emendou: No Brasil todas as moças são lindas como ela?( em inglês, para que ela entendesse)

Eu: Não! Sou um sortudo! Mas tem muitas mulheres lindas!! Ela sorriu, já mais descontraída.

Ele! Sortudo mesmo!!! E rimos…

Dançamos e conversamos um pouco mais e falei pra ela que eu ia me sentar um pouco na nossa mesa, que ficava bem ao lado de onde estávamos.

Ela: Vou com você!

Eu: Não quer ficar dançando? Pode ficar se quiser.

Ela: Jura?

Eu: Sim! Você adora…

O Italiano disse rapidamente: Fico com você! Te faço companhia!

Ela olhou pra mim meio sem jeito e disse: Acjo que prefiro ir pra mesa, estou cansada.
Eu: ( em portugês ) Pode dançar amor… Estou aqui ó! Do ladinho e fui sentando.
Ela sorriu e ficou dançando ao lado da mesa com o Italiano que a comia com os olhos.
E eu, pensando em como fazer para realizar uma fantasia!

Voltei para a pista, dançamos mais, fui buscar bebidas para nós 3 e quando volto vejo-os conversando e rindo, entreguei as bebidas e continuamos dançando… ficamos assim um bom tempo, então eu disse: Vamos para o nosso hotel, podemos beber mais um pouco lá e conversar melhor, pois o papo estava bem agradável, mas a musica muito alta.
Ele topou na hora e ela, sem imaginar o que eu pretendia, disse: Vamos amor!
Chegamos no hotel, como nosso quarto tinha uma sala, com mesinha, cadeiras e sofá com uma enorme TV, pedi para mandarem três champagnes e subimos.

Entramos no quarto, ela foi ao banheiro, eu, rapidamente perguntei ao novo amigo Italiano:
Gostou dela! Né?

Ele: Sim, Linda!

Eu: Temos uma fantasia de ela transar com outro homem na minha frente e eu ser corninho! Isso te assusta?
Ele: Não! De jeito nenhum! Já fiz isso algumas vezes na Itália, com casais.
Eu: Legal!! Que bom! Acho que será legal! Então, quando ela voltar do banheiro, elogie-a discretamente e peça licença para ir ao banheiro. Ok? Vou falar com ela. Se ela topar, te dou uma piscadinha, se eu tossir, você diz que não está muito bem e pede licença e vai embora. OK?
Ele: Claro! Perfeito.
Ela voltou do banheiro, toda feliz e já perguntou chegou o Champagne? Eu disse: Nesse minuto, vamos abrir!
Ela: Hummmm vamos!
Ele: Uauu! Você está mais linda que na Marquee! Rimos..
Ela: Obrigada! Mas Acho que não!! Rsss…
Ele Está sim! Lindíssima! Podem me dar licença? E olhando pra mim, perguntou: Posso ir ao Banheiro!
Eu: Claro… enquanto isso abro o Champagne! E ele foi ao banheiro, ela ficou ao meu lado, agarradinha, enquanto estava abrindo o Champagne e eu disse: Legal o Italiano! Né?
Ela: Super! Gente boa!
Eu: Gostou dele?
Ela olhou pra mim e disse: Eu disse que achei ele legal! Só isso!
Eu: Ah! Que pena!
Ela: Por que??

Eu: Achei que pudéssemos dar uma apimentadinha em nossa noite!

Seu o corninho de minha sugar baby

Ela: O que?? Como assim? Tá doido?
Servi o Champagne ela deu um gole e eu a abracei e disse em seu ouvido:
Eu: Não vai realizar a nossa fantasia? Me fazer corninho? Hoje é o dia! Quer?
Ela: Que??? Nossa! Assim, do nada? Sei lá!
Eu: Pensa rápido! Ele vai voltar jaja.
E nesse momento ele volta, sorridente e olhando fixamente para mim, para ver se eu piscava, ou tossia!
Servi bebida para ele e para mim e liguei o som do meu celular, musica mais tranquila, fiz um sinal para ele que não sabia!
Ele olha pra ela e pergunta: Quer dançar?
Ela olha pra mim, meio sem jeito, eu balanço a cabeça afirmativamente e ela coloca a taça na mesa e começam a dançar, diminuo a luz do ambiente e pergunto: Ficou melhor?
Ele: Muito!
Ela Aham!

Sento-me no sofá e aprecio o Italiano forte dançando com minha namorada! Logo à minha frente!
A cada volta ela olha em em meus olhos com carinha de interrogação. E então, na terceira volta eu falo com os lábios: APROVEITA! SOLTE-SE! E aliso meu pau por cima da calça.

Então, ela o abraça mais forte e ele percebe que é um sinal para tomar as rédeas!

Como ela está de salto bem alto, fica bem mais alta, não precisando ele abaixar-se tanto. Então ele a abraça mais forte e começa a esfregar as mãos no corpo dela e aos poucos vai baixando até a LINDA e GRANDE BUNDA dela, passando por aquela cinturinha fina, delicada e então, após ela me olhar e eu dar minha aprovação, começam um delicioso beijo de língua que vai ficando frenético e louco de desejo e aos poucos vai levantando a mini saia preta dela, deixando a minúscula calcinha, que havia comprado para usar comigo, enfiadinha na BUNDONA dela.

Depois de um tempo beijando-se, ele a vira de costas pra ele, agarrando-a por trás, passando as mãos nos peitos dela, alternando na bocetinha linda dela, por cima da calcinha minúscula e esfregando o pau, ainda de calça na bunda deliciosa dela e ela olhando para mim, com os olhos virando e as vezes meio fechados, ele segura a blusinha dela e começa erguê-la, ela olha pra mim, da um sorriso safadinho, e espera que eu autorize e então, levanta os braços para ele tirar a bluzinha dela, em seguida, se afasta um pouco dela e desabotoa o soutien e ela olhando pra mim com um delicioso sorriso no rosto, Olha para mim e diz: Amor! Quer tirar a minha sainha??? Vem?

Eu: Claro AMOR!

Vou até eles e desabotou a mini saia dela e a tiro por baixo! Deixando-a peladinha, só de calcinha para o MACHO ITALIANO!

Ele então a vira pra ele, voltam a se beijar loucamente e eu pergunto:

Eu: Amor, quer que eu tire sua calcinha!

Ela para o beijo! Olha pra trás e com a boca toda vermelha da barba serrada do Italiano diz, com um sorrisinho no rosto:
Ela: Quero sim meu AMOR! Quer mesmo ser CORNINHO hoje?( em portugês)

Eu me levanto e vou tirar a calcinha dela e dando um beijinho no rosto dela digo:

Eu: Quero sim meu AMOR! Vai me fazer seu Corninho??? Vai?
Ela: VOU!
E volta a beijar o Italiano, enquanto eu volto para meu lugar no sofá.E ele, amis que depressa já enfia a mão na bocetinha dela, olha pra mim, mostra a mão melada e diz:
Ele: Olha como a bocetinha da sua mulher está molhada! Está louca pra dar pra mim! Ela olha pra mim e meu pau quase estoura nessa hora, eu me levanto e tiro a calça e ela vê meu pau duraço e pergunta:
Ela: Nossa Amor… está com tesão… Heim?
Eu: Muito AMOR. MUITO
Ele vai levando-a para o safá, coloca-a com a cabeça deitada em meu colo e começa a chupar a bocetinha linda dela, ela olhando pra mim, em êxtase e eu acariciando os cabelos dela, o rostinho dela e os peitinhos deliciosos dela ela treme de tesão.

Ele a pega pela mão, ela se levanta e ele a faz ajoelhar-se em sua frente, de lado para mim e então segura firme em seus cabelos, ela tenta olhar pra mim, ele segurando os cabelos não deixa, força em direção ao seu pau e ela abre a linda boquinha e começa a colocar o PAUZÃO dele em sua boca suave, precisando abrir muito e ele mostra que tem mesmo experiência com casais fazendo-a engolir fortemente, como uma putinha, até engasgar e tira para ela recuerar o fôlego segurando forte os cabelos lindos dela enfia novamente, isso várias vezes, até ela
estar toda babada e com os olhos cheios de lágrimas escorrendo… Então ele a faz olhar pra mim! Ela acabada, da um sorrisinho sem graça e eu, com toda minha experiência em fazer corninhos, me ajoelho ao lado dela, dou um beijinho em sua bochecha e viro o rostinho dela, em direção ao Pau do macho e ela mais ofegante de tesão, começa a mamar de novo, com mais vontade e eu dou outro beijinho em seu rosto, com o pau do macho dentro de sua boca e ambos GEMEM de tesão!!!

Eu: Achei que pudéssemos dar uma apimentadinha em nossa noite!

Ela: O que?? Como assim? Tá doido?
Servi o Champagne ela deu um gole e eu a abracei e disse em seu ouvido:
Eu: Não vai realizar a nossa fantasia? Me fazer corninho? Hoje é o dia! Quer?
Ela: Que??? Nossa! Assim, do nada? Sei lá!
Eu: Pensa rápido! Ele vai voltar jaja.
E nesse momento ele volta, sorridente e olhando fixamente para mim, para ver se eu piscava, ou tossia!
Servi bebida para ele e para mim e liguei o som do meu celular, musica mais tranquila, fiz um sinal para ele que não sabia!
Ele olha pra ela e pergunta: Quer dançar?
Ela olha pra mim, meio sem jeito, eu balanço a cabeça afirmativamente e ela coloca a taça na mesa e começam a dançar, diminuo a luz do ambiente e pergunto: Ficou melhor?
Ele: Muito!
Ela Aham!


Sento-me no sofá e aprecio o Italiano forte dançando com minha namorada! Logo à minha frente!
A cada volta ela olha em em meus olhos com carinha de interrogação. E então, na terceira volta eu falo com os lábios: APROVEITA! SOLTE-SE! E aliso meu pau por cima da calça.

Então, ela o abraça mais forte e ele percebe que é um sinal para tomar as rédeas!

Como ela está de salto bem alto, fica bem mais alta, não precisando ele abaixar-se tanto. Então ele a abraça mais forte e começa a esfregar as mãos no corpo dela e aos poucos vai baixando até a LINDA e GRANDE BUNDA dela, passando por aquela cinturinha fina, delicada e então, após ela me olhar e eu dar minha aprovação, começam um delicioso beijo de língua que vai ficando frenético e louco de desejo e aos poucos vai levantando a mini saia preta dela, deixando a minúscula calcinha, que havia comprado para usar comigo, enfiadinha na BUNDONA dela.

Depois de um tempo beijando-se, ele a vira de costas pra ele, agarrando-a por trás, passando as mãos nos peitos dela, alternando na bocetinha linda dela, por cima da calcinha minúscula e esfregando o pau, ainda de calça na bunda deliciosa dela e ela olhando para mim, com os olhos virando e as vezes meio fechados, ele segura a blusinha dela e começa erguê-la, ela olha pra mim, da um sorriso safadinho, e espera que eu autorize e então, levanta os braços para ele tirar a bluzinha dela, em seguida, se afasta um pouco dela e desabotoa o soutien e ela olhando pra mim com um delicioso sorriso no rosto, Olha para mim e diz: Amor! Quer tirar a minha sainha??? Vem?

Eu: Claro AMOR!

Vou até eles e desabotou a mini saia dela e a tiro por baixo! Deixando-a peladinha, só de calcinha para o MACHO ITALIANO!

Ele então a vira pra ele, voltam a se beijar loucamente e eu pergunto:
Eu: Amor, quer que eu tire sua calcinha!
Ela para o beijo! Olha pra trás e com a boca toda vermelha da barba serrada do Italiano diz, com um sorrisinho no rosto:
Ela: Quero sim meu AMOR! Quer mesmo ser CORNINHO hoje?( em portugês)
Eu me levanto e vou tirar a calcinha dela e dando um beijinho no rosto dela digo:
Eu: Quero sim meu AMOR! Vai me fazer seu Corninho??? Vai?
Ela: VOU!
E volta a beijar o Italiano, enquanto eu volto para meu lugar no sofá.E ele, amis que depressa já enfia a mão na bocetinha dela, olha pra mim, mostra a mão melada e diz:
Ele: Olha como a bocetinha da sua mulher está molhada! Está louca pra dar pra mim! Ela olha pra mim e meu pau quase estoura nessa hora, eu me levanto e tiro a calça e ela vê meu pau duraço e pergunta:
Ela: Nossa Amor… está com tesão… Heim?
Eu: Muito AMOR. MUITO
Ele vai levando-a para o safá, coloca-a com a cabeça deitada em meu colo e começa a chupar a bocetinha linda dela, ela olhando pra mim, em êxtase e eu acariciando os cabelos dela, o rostinho dela e os peitinhos deliciosos dela ela treme de tesão.

Ele a pega pela mão, ela se levanta e ele a faz ajoelhar-se em sua frente, de lado para mim e então segura firme em seus cabelos, ela tenta olhar pra mim, ele segurando os cabelos não deixa, força em direção ao seu pau e ela abre a linda boquinha e começa a colocar o PAUZÃO dele em sua boca suave, precisando abrir muito e ele mostra que tem mesmo experiência com casais fazendo-a engolir fortemente, como uma putinha, até engasgar e tira para ela recuerar o fôlego segurando forte os cabelos lindos dela enfia novamente, isso várias vezes, até ela

estar toda babada e com os olhos cheios de lágrimas escorrendo… Então ele a faz olhar pra mim! Ela acabada, da um sorrisinho sem graça e eu, com toda minha experiência em fazer corninhos, me ajoelho ao lado dela, dou um beijinho em sua bochecha e viro o rostinho dela, em direção ao Pau do macho e ela mais ofegante de tesão, começa a mamar de novo, com mais vontade e eu dou outro beijinho em seu rosto, com o pau do macho dentro de sua boca e ambos GEMEM de tesão!!!

continua a história -> clique aqui (parte 3)


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

1 comentário para “Como me tornei corno da minha sugar baby – parte 2

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2021 - CONTOS ERÓTICOS – Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021)

porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - hentai - X Videos - Filmes Porno

error: