Contos Eróticos - Contos de Traição, Incesto, Pornô e Sexo » Hétero » Eu minha amiga transando com os filhos uma da outra

Eu minha amiga transando com os filhos uma da outra

  • janeiro 2, 2020
  • 3795 views
5 votes

Olá, me chamo Catarina ( nome fictício)  tenho hoje 38 anos e o que passo a contar aconteceu à um uns dois anos atrás. Fui mãe as 20 anos e A minha vizinha Luisa ( nome fictício) também, somos amigas, e fisicamente muito parecidas, temos 1,65 morenas claras,seios médios, coxas grossas e bem torneadas, quadris salientes; somos do tipo “mulherão” como se diz por aí, fazemos academia e nossos filhos tem a mesma idade, na época tinham 18 anos.

São bem altos para a idade, fisicamente bem atraentes e muito bonitos. O que passo a contar deve ser mais comum com outras pessoas do que se imagina, tudo começou quando percebi que o Danilo ( nome fictício), filho da Luisa, sempre que me via me abraçava forte colando o corpo dele contra o meu, eu achava natural,pois ele me chamava de tia, até aí tudo bem, mas comecei a notar o volume na calça dele,ou bermuda, ou shorts sempre que ele estava comigo, e a cada vez ele ficava mais ousado sempre baixando a mão pela minha cintura, deslizando até a minha bunda, bem de leve.

Um dia eu estava em casa lavando a louça quando ele chegou e me abraçou por trás, eu vestia um shorts de malha bem curto que deixava minha bunda bem a mostra e um top bem degotado pois estava em casa mesmo e gosto de andar a vontade.

Assim que ele me abraçou senti aquele volume entre minhas coxas na altura da minha bunda, dei uma leve olhada por cima dos ombros e vi o volume na sua bermuda que era de um tecido leve.

Fiquei sem saber o que fazer, ele com o seu quadril contra o meu me pressionado contra a pia, suas mãos ficaram na altura do meu quadril e ele começou um movimento suave esfregando aquele volume contra mim.

Dei um pigarro e pedi a ele que me ajudasse enxugando a louça(foi o que me ocorreu fazer naquele momento). “Claro tia” foi a resposta sorridente dele.

Mas sempre que ele guardava uma peça de louça no armarinho que ficava acima da minha cabeça ele aproveitava para me encochar bonito.

Assim que acabei me afastei dele e perguntei onde estava meu filho(Marcos), ele disse que esta com a mãe dele. Pensei comigo se a Luisa também estaria passando por aquilo. Me despedi e ele foi embora, vendo aquele belo garoto indo para sua casa senti um certo arrepio.

Naquela noite contei para o Meu marido o que estava acontecendo e para minha surpresa ele achou engraçado e disse que era assim mesmo pois Os garotos nessa idade vivem se masturbando e se esfregam em qualquer uma que tiverem chance.

Perguntei a ele o que eu deveria fazer e ele me disse para fazer de conta que nada estava acontecendo.

No outo dia comentei com a Luisa e ela me disse que era igual com o meu filho Marcos, ele vivia encochando ela sempre que podia, caímos na risada.

Perguntei a ela o que faríamos e ela bem sacana(a Luisa era meio doida) disse que a gente deveria se divertir com a situação, e logo ela bolou um plano: nós sempre tomávamos banho de sol nos fundos da minha casa, estendíamos uma manta grande e ficávamos ali deitadas passando bronzeador.

A Luisa disse para pedirmos uma ao filho da outra que passassem o bronzeador. Dito e feito um domingo nossos maridos saíram pela manhã para jogarem bola, chamamo os meninos e dissemos a eles que tomaríamos sol e a Luisa ainda comentou que tanto ela quanto eu estávamos sonolentas pois na noite anterior saímos para jantar fora e chegamos tarde o que era verdade(acompanhamos nossos maridos em um jantar dançante oferecido pela empresa do meu marido) mas quanto ao sono, era mentira, pois eu estava era muito exitada e a Luisa idem. Assim sendo Luisa pediu a eles que após uma meia hora passassem o bronzeador.

eito isso fingimos adormecer, enquanto isso podíamos escutar ainda que apenas sussurros dos garotos cochichando, provavelmente estavam combinado o que cada um faria com a mãe do outro.

Depois de meia hora exatamente eles se aproximaram, Danilo(filho da Luisa) pegou um vidro de bronzeador e sem cerimônia começou a passar em mim, pelo canto do olho notei que o meu filho Marcos estava fazendo o mesmo em Luisa, no começo eles começaram pelas costas(estávamos deitadas de bruços, ambas vestíamos biquínis bem pequenos, pois tanto Luisa quanto eu fazíamos depilação zero.

De repente notei que eles se posicionaram com as pernas abertas sobre as nossas pernas que ficaram no meio das deles e começaram a passar o bronzeado nas nossa coxas com os dedos tocando as entradas dos biquínis. Olhei de canto para a Luisa e ela apesar de estar com os olhos fechados passava a língua entre os lábios e soltava um leve gemido, a bandida estava gostando da brincadeira, e para ser sincera eu também; de repente a Luisa abriu a boca com se estivesse tido uma surpresa e na mesma hora eu senti o mesmo, Danilo enfiara o dedão bem no meu anus, o que provavelmente o Marcos idem na Luisa.

Aquele movimento dos dedos dos meninos na nossa bunda estava nos deixando doidas,e o pior é que não podíamos nos mexer. Assim sendo ficamos ali até que sutilmente eles começaram a baixar a parte inferior dos nossos biquínis até os joelhos; e então aconteceu, comecei a sentir a vara daquele garoto rodando em volta do meu anus e lentamente foi entrando gostoso, tomando conta de tudo, era bem grande para a idade dele e assim foi até eu sentir as bolas batendo de encontro ao meio das minhas pernas.

Por mais que tentasse se controlar, Marcos começo a movimentar , arfando e beijando a minha nuca, batendo as coxas dele contra as minhas, tava muito gostoso. Com apenas um fio de olhos abertos olhei para Luisa, ela estava em estase, de repente observei que o Marcos estava se movimentando diferente, então percebi que era a Luisa quem estava se mexendo, empinando aquele bundão cada vez mais, enterrando o pau do garoto no rabo dela até as bolas; pensei comigo não vou ficar atrás e comecei a empinar e rebolar meu quadril e pude sentir mais alguns centímetros daquela vara gostosa entrar mais e mais no meu belo traseiro e assim foi por um bom tempo até que eles gozaram e ficaram ali  em cima de nós, até seus paus saírem naturalmente.

Com cuidado os dois se levantaram e foram embora nos deixando com um fio de porra escorrendo de nossas bundas.

Olhei para Luisa e sorri, ela me devolveu o sorriso, nos levantamos e fomos nos limpar, notei que a Luisa passou o dedo na bunda e chupou murmurando:

Que delíciaaaaaaaaaa !!!!

Algo me dizia que esta não seria a nossa última aventura com os garotos, e o futuro próximo veio a confirmar isso. Mas esta é outra história.


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

15 comentários para “Eu minha amiga transando com os filhos uma da outra

  1. admilson • 3 de janeiro de 2020

    gozei lendo esse conto

  2. tezudo • 4 de janeiro de 2020

    adorei que mulheres safada

  3. Anna • 5 de janeiro de 2020

    Que delicia…
    Adoreiiii, adoro quando enchem meu cú de porra

    • Roludo • 14 de abril de 2020

      Me manda seu zap vamos marca, para eu encher seu cuzinho de leite

  4. Bet • 8 de janeiro de 2020

    Li o conto gostei muito e toquei várias pubhetas. Kero comer as duas

  5. Jonathan • 8 de janeiro de 2020

    Se quiser encho pra vc

  6. Robert • 9 de janeiro de 2020

    Sou do Rio de janeiro, e adoro foder uma casada na frente do marido, se vc tem essa fantasia , esse desejo me chama no zap xxx

  7. Ari • 20 de janeiro de 2020

    Otimo conto- quase me masturbei. Se possivel fotos via email das duas maes peladas-mostrando os peitos a buceta e o cuzinho- dos filhos mostrando as rolas duras.-. Continua com esse conto tem muita coisa pra acontecer.

  8. Roberto • 22 de janeiro de 2020

    Olá Ana gostaria de conversar sobre o assunto xxx

  9. Deivisson • 24 de janeiro de 2020

    Demais fiquei louco de tesãonnn

  10. Deivisson • 24 de janeiro de 2020

    Adoraria encher seu rabo de porra.

  11. Francisco • 29 de janeiro de 2020

    Hum conto gostei.

  12. Francisco • 29 de janeiro de 2020

    Hum bom conto gostei.

  13. Lucas • 9 de fevereiro de 2020

    Minha mulher me trai sempre que pode, adoro isso, ela tem 20 anos e eu tenho 23, espero q futuramente aparessa um novinho assim pra estocar o pau no buceta gulosa dela

  14. Ju • 25 de fevereiro de 2020

    Quero comer um cuzinho. Anna quer dar pra mim.

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2020 - Contos Eróticos – Contos de Traição, Incesto, Pornô e Sexo

porno - xvideos porno - quadrinhos eroticos - hentai - Xvideos - Xvideo - Xvídeos - Acompanhantes DF - X Videos - red tub - xvideos gratis

error: