CONTOS ERÓTICOS - Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021) » Coroa » Meu vizinho novinho me comeu no motel

Meu vizinho novinho me comeu no motel

  • outubro 22, 2020
  • 14410 views
5 votes

Me chamo Soraia(*), 43 anos, 1,62 de altura , loira e modéstia a parte com uma bunda e um corpo de dar inveja em muitas novinhas. Eu havia me divorciado do meu marido de 52 anos, depois de muitas brigas, discussões e meses sem transar. Como a casa onde eu morava ficava no quintal de parentes dele, resolvi sair. Encontrei um apartamento bem simples e com um preço acessível.

Depois de uma semana no apartamento já tinha feito amizade com a Joana(*), a vizinha da frente. E num sábado ela me convidou pra tomar umas cervejinhas na casa dela, tava de folga mesmo, fui lá. Papo vai, papo vem, e nisso entra na casa dela um nego da porra. Negro alto, com mais de 1;85, cavanhaque, sem camisa, e com um corpo definido todo suado. Coração chegou a bater mais forte. Ele entra e vai direto pra cozinha tomar água. Joana dá um grito da sala pra ele vir cumprimentar a visita, ele veio todo em graça e disse que tava com muita sede, pediu desculpa e me cumprimentou com dois beijos rápidos no rosto. Joana nos apresentou, disse ” Esse sem educação é o Fábio(*), meu filho”.

Com tempo fomos nos afeiçoando tbm. Deu uns problemas na fiação do apartamento e fui perguntar a Joana se ela conhecia alguém que trabalha com isso, ela disse que o Fábio mexia muito bem com isso, só que ele não tava em casa, e assim que ele chegasse ia pedir ele pra dar uma olhada.

Ele chegou e tal e foi bater na minha casa. O capeta do garoto estava sem camisa de novo, com aquela barriga definida, me deixava louquinha. Ele começou a mexer nos fios lá e eu fui conversando com ele. Descobri que ele tinha só 21 aninhos de idade. Até brinquei com ele falando que devia ter muitas moças doidinhas por ele ele riu sem graça. Ele resolveu os problemas da fiação lá de casa e eu ofereci uma cervejinha pra ele como agradecimento. Nisso ficamos conversando um tempo, eu disse pra ele que desde a separação me sentia sozinha, minha vida girava em torno do casamento e da escola onde eu trabalho, que fazia tempo que não saia com amigos e tal.

No motel com o vizinho novinho negão gostoso

Ele olhou pro relógio da sala e disse, “agora são 5 horas eu vou pra casa e vc se arruma pra 7:30 a gente sair, vou te levar num bar que meu amigo abriu, lugar muito responsa”. Eu falei que não, ele olhou nos meus olhos e mandou eu parar de graça e disse pra eu me arrumar, eu ia negar mas ele levantou e saiu e disse que 7:30 ia me chamar. Acabou que na hora eu tava arrumada, coloquei um vestido decotado curto, pras minhas pernas grossas ficarem bem amostra, um salto. E 7:30 ele foi me chamar todo lindo, arrumado, com um perfume gostoso demais.

Chegamos no tal bar e ficamos conversando e bebendo. Aquele garoto é de uma ousadia, colocou a mão sobre minha perna, eu admito que gostei, mas os avanços não pararam e logo ele tá me beijando. Amassos e amassos, ele fala no meu ouvido “vou fechar a conta aqui. Vamos para um motel”. Gente, eu não me depilava com frequência, mas naquele dia por sorte eu havia me depilado pra sair.

Ele fez questão de pegar uma suíte cara, com banheira e tudo. Que pegada aquele preto tinha, me beijava, chupava meu pescoço, apertava meu peito, minha bunda. Nem esperou para eu tirar a roupa, levantou a parte de baixo do meu vestido me colocou de quatro e meteu aquele pau gostoso e grosso na minha bucetinha, me pegava firme pela cintura enquanto me socava com força, ele dava uns gemidinhos, me chamava de deusa, de puta, falava como eu era gostosa e gozou dentro de mim, senti aquela gala quente que não sentia há bastante tempo, veio me beijando e nisso já tirou meu vestido.

Em seguida, o pau dele tava duro e ele cheio de fome querendo me comer mais. Eu fiz ele deitar na cama do motel e falei que ia cavalgar gostoso nele. Cavalguei como nunca cavalguei pra homem nenhum, olhava nos olhos dele, enquanto eu gemia gostoso. Ele se inclinou pra chupar meus peitos, enquanto eu unhei as costas dele inteira. Gozei, gozei de verdade, nas mãos dele me sentia um especial e uma puta ao mesmo tempo. Em seguida ele gozou novamente. Ficamos deitados na cama por beijando e falando putaria um para o outro. Ele disse que desde o dia que me viu na casa dele, queria me comer gostoso.

Ele olhou para a banheira e disse, não usamos ela ainda, vamos lá. Com a banheira cheia e já tomando um champagne montei nele de novo. Ele colocou seu dedão na minha boca, e entre suspiros e gemidos e chupadas no dedo fomos gozando juntos. Tomamos banho juntos no maior love/romantismo.

Fomos embora e como ele estava de carro, na garagem do prédio lá de casa ele colocou mão na minha perna e me disse “vamos fazer assim, vc me faz um boquete gostoso e eu te dou uma chupada gostosa, pq to doido pra sentir o gosto da tua bucetinha” Eu falei, “mas aqui? Vc tá doido?! e se alguém ver” ele me olha e fala foda-se, deixe verem eu até chamo pra participar.

Não perdi tempo á estava de boca naquele pinto maravilhoso. Ele cumpriu o prometido, inclinou o banco e me fez o melhor oral da minha vida, gozei gostoso.

Nos dias seguintes transamos mais vezes, sem a mãe dele saber é claro.

Depois de alguns meses meu ex marido veio conversar e resolvemos voltar pq afinal eu estava desde os 23 anos casada com ele e sentia falta da companhia dele, das brigas e até mesmo da discussões.

Mas mesmo voltando, eu admito que ainda escapo para fuder gostoso com Fábio, coisas que rendem mais contos . Mesmo com meu marido, não abro mão do meu pretinho básico. E acho que toda mulher precisa de um rsrs…..

(*) Nomes fictícios


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

9 comentários para “Meu vizinho novinho me comeu no motel

  1. ÂNGELA • 5 de novembro de 2020

    Tenho 50 anos corpo de 30 bunda linda e rosto jovem e adoro transar com homens a partir de 30.Dou muito prazer sou gostosa assim tezuda e amei este conto.

    • Negão • 9 de novembro de 2020

      Oi me liga xxx

    • Negro • 29 de novembro de 2020

      Toda mulher tem que ter seu negão, se quiser estou a sua disposição

    • Daniel • 23 de janeiro de 2021

      Me chama xxx

    • Daniel • 23 de janeiro de 2021

      Só chamar delícia xxx

    • Davi • 28 de janeiro de 2021

      Bom dia! Eu adoro chupar uma buceta. Dependendo pode ser a sua. Vou passar meu zap principalmente se for a buceta peluda, adoro chupar gostoso. xxxx

    • Koroa • 21 de julho de 2021

      Onde vc mora …cidade?

    • Francisco • 7 de dezembro de 2021

      Adoro mulheres maduras como vc e vou dizer mais já quero vc tesão, tenho 37 anos e um lindo pau, só me liga xxxx

    • julio • 10 de dezembro de 2021

      Estou a disposição linda , entre em contato pelo email. xxx

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2022 - CONTOS ERÓTICOS – Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - hentai - X Videos - Filmes Porno - Xvideos - Xvideos HD - Xvideo