Minha tia gostosona e Safada

  • agosto 15, 2022
  • 44 views
2 votes

Me chamo Henrique, tenho 25 anos. Meus avós tiveram a irmã caçula do meu pai há 30 anos atrás,ou seja, tenho quase a mesma ideia da minha tia. Os tarados lá da faculdade sempre chamavam a minha tia Jordana de gostosona e eu adorava essa situação. Papai sempre teve uma postura conservadora, um homem bem sucedido em sua carreira, sempre prezou pela família e é um excelente pai e marido. Tia Jordana sempre foi muito namoradeira, de lá para cá já passaram muitos pela vida dela, e suas amigas sempre foram mulheres gostosas, de sua idade ou mais novas. Minha tia estudou engenharia e vem consolidando sua carreira. Como possui uma vida financeira estabilizada consegue oferecer aos meus avós muito conforto, presentes e viagens e foi em um destes passeios que Jordana cruzou o meu caminho depois de anos.
Minha tia é bem safadinha, passa boa parte do tempo na academia, tem um corpo escultural e a maioria dos amigos do meu pai sentem inveja da irmã caçula que ele tem, eu tenho certeza.
Ela tem estatura mediana, cabelos negros cacheados, uma boca carnuda e uma bunda gigante. Ah, como eu sou louco naquela bunda, daria tudo para enfiar minha língua no cuzinho dela.
Nossa casa tem piscina e ela sempre se banha de topless, eu fico no meu quarto só batendo punheta, imaginando meu gozo escorrendo naquelas tetas enormes.
Outro dia ela bateu no meu quarto e me chamou para lanchar na área gourmet da nossa casa, ali eu senti que a putinha queria algo mais quente comigo.
Ela sempre se vestiu muito bem, com as mais belas peças de roupas de grife, a sua pele estava completamente bronzeada fazendo com que minha imaginação viajasse. Coloquei uma bermuda de praia para não demonstrar minha excitação, afinal, imagine se meu pai chega na hora e me vê daquele jeito?!
Ela me chamou para jogar um carteado, soltou

os cabelos e começou a me atiçar. O papo foi esquentando até que ela me pediu para passar o óleo bronzeador em seu corpo. De início eu relutei, mas depois não teve outro jeito, tive que atender seu pedido. Tia Jornada começou a me contar sobre suas fantasias sexuais, disse que não tinha o muitas experiências sexuais, pois passou a vida de dedicando aos estudos, mas que ela apesar do nosso parentesco ela tinha uma super queda por mim, me disse que gostaria de algo no sigilo que pudesse trazer ousadia para sua vida, que já não suportava a mesmice de sempre com seus amigos chatos. Ali eu pude perceber que o pau que ela queria era o meu, não havia mais ninguém na casa, impossível que ela pudesse estar mencionando outra pessoa. Enquanto ela se exibia descaradamente eu perguntei a ela se ela gostaria de uma trepadinha comigo, que ficaríamos no sigilo para não aborrecer absolutamente ninguém e para não sermos vistos como duas pessoas sem juízo. Ela sorriu e me perguntou se poderíamos fazer um teste drive ali naquele mesmo dia e eu como estava latejando de tesão obviamente respondi que sim.

A tia que é a safada da família

Jamais poderia imaginar que a minha tia paterna fosse tão abusada, apesar de não sermos velhos, ela sempre demonstrou muito cuidado com os meus avós. Realmente ela era uma ótima filha, muito responsável e amorosa. De repente o celular dela tocou, era uma chamada de vídeo do meu pai, ele perguntou se ela estava sozinha e pediu para que pudesse levar minha avó para uma consulta com o geriatra, pois vovó está bem esquecida, o que tem deixado meu pai preocupado. Seria demais para mim assistir aquela cena, mas como eu já estava de pau duro não sairia dali por nada. Eu estava prestes a comer a minha tia, um misto de culpa e de coragem faziam meu sangue ficar quente, não queria que papai soubesse que eu estava assistindo sua irmã com pensamentos impuros e rebeldes.

Ela por sua vez tinha uma voz deliciosamente tentadora, parecia uma voz daquelas moças que atendiam o telefone no disque sexo nos anos 90 e faziam os caras gozar do outro lado da linha. Ela mudou a música, acendeu um cigarro e voltamos a conversar . Meu pai havia pedido para que ela não se atrasasse, então o nosso tempo teria que ser bem calculado. Aqueles peitos eram lindos, enormes, aquela bunda gigante de deixar qualquer homem com água na boca . Ela mantinha sua mente focada na ligação, afinal o assunto realmente era sério e importante. Depois disso papai encerou a ligação e Jornada já começou a se organizar para não atrasar. Nunca vi uma buceta tão bonita, era perfeita, nem parecia de verdade, ela ficou nua em minha frente de uma forma delirante. Ela não era depilada por completo, afinal meu pai era de uma época onde as mulheres deixavam aqueles bigodinhos desenhados na portinha da felicidade. Ela rebolava tanto que eu não resisti e tirei meu pau para fora da bermuda. Era tanto tesão em ver a minha tia se masturbando para mim enquanto eu queria enfiar meu pau todinho nela. Em meio aquele jogo que mais parecia um convite, cartas para lá, cartas para cá, a moça era viciada em jogatina. Ver aquela pervertida fazendo aqueles movimentos e enfiando o dedo na buceta me fazia querer cair de boca. Que cena linda, que mulher mais vagabunda, eu só queria meter gostoso sem me sentir culpado. De repente ela virou de costas, ainda fazendo o mesmo movimento e começou a enfiar o dedo no cu, aquela bunda gigante, marcadinha de sol, estava me deixando alucinado. Eu só queria que Jordana pegasse no meu pau e me desse um super beijo de língua. Eu já podia sentir o peso do pecado caindo sobre as minhas costas, mas tínhamos tudo para encarar a situação como apenas uma única vez.

Aquela bunda gostosa será minha

Eu já podia imaginar aquela putinha com o rabo empinadinho e arreganhadinho para eu enfiar o meu dedo e se isso acontecesse eu não demoraria para gozar, e foi justamente isso que aconteceu, em menos de cinco minutos de exibição daquele cuzinho lindo eu não resisti. Ela recolocou o celular em cima da mesa, me perguntou se eu queria comer ela ali e que eu quisesse não poderíamos demorar.
Como ela era safada, enganando o meu pai enquanto queria fuder com o filho dele. Prontamente ela me perguntou se eu queria um showzinho particular, na condição que eu me tornasse o seu sobrinho comedor, que tínhamos muito para aproveitar sem que ninguém soubesse, que morria de tesão por mim desde o ensino médio e queria ser a minha cadelinha.
Eu sentei embasbacado, o tesão consumia todo meu corpo e eu já tinha gozado sem penetrar aquela mulher. Reparei muito nos movimentos das suas mãos enquanto ela esfregava aquele grelinho visivelmente louca de tesão por mim Que piranha gostosa era a irmã do meu pai. Talvez a sorte agora fosse minha, tendo em vista que transar saque jeito seria algo inimaginável.
Ela começou sentando no meu pau enquanto eu chupava os seus peitos, ela me chamava de sobrinho dotado e sentava com força. Ela me pediu para deitar na cadeira, que queria esfregar aquele bucetão na minha cara e que esperava ansiosa por uma lambidinha no cuzinho. Que buceta gostosa, que delícia de cu. Eu só queria que aquela mulher fosse minha, nada mais me importava naquele momento. Ela era tão safada que me pediu para fuder com força aquele rabo, primeiro eu enfiei os meus dedos, depois e os passei na boquinha dela. O meu pau realmente era grande e grosso, eu era super dotado e fiquei com uma vontade de deixar aquele cu arrombadinho para o meu pai fuder mais tarde. Eu só ia estocando aquele bumbum guloso, agora ela me chamava pelo nome do meu Coroa e assim eu gozei. Tia Jordana não demonstrou um pingo de arrependimento, deixou claro todas as suas investidas e não quis se limpar por completo, disse que queria ficar com o rabinho cheio de leite para sentir seu fetiche realizado.
A minha tia é a puta mais tentadora que eu já comi na vida e eu me tornei o sobrinho realizado, fazendo jus aos comentários do ensino médio, onde sortudo era ter uma dia daquelas e poder se lambuzar.


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2022 - CONTOS ERÓTICOS – Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - hentai - X Videos - Filmes Porno - Xvideos HD - Xvideos - Porno