Minha patroa se tornou minha puta

  • novembro 16, 2021
  • 1697 views
0 votes

Eu trabalho para uma empresa familiar, sou jovem com 29 anos, a minha chefe directa, filha do dono da empresa tem 41, cara de inocente, despreocupada e fiel ao marido, casados há 10 anos e juntos a 19 anos.

Trabalhamos juntos no mesmo sector até tarde quase sempre. Como resultado do nosso trabalho temos sempre que revisar contas, ofícios e outras coisas e muitas vezes estamos juntos no mesmo computador quase colados a analisar um ou outro assunto, é normal que os braços se toquem, as vezes as pernas, é a dinâmica diária e eu achava já normal.

Certo dia recebo uma mensagem dela fora da hora de trabalho, num final de semana a dizer que sonhou comigo, na reação da mensagem disse de forma não pensada que aconteceu o mesmo comigo, só que eu sonhei a beijar ela, ela disse que não acreditava, e foi como se tivesse quebrado uma barreira entre nós, torna-mo-nos imediatamente abertos a assuntos íntimos, ela perguntou como sonhei e eu pedi para ela contar o dela primeiro, ela disse que teve um dia que eu encostei-me a ela de forma não normal parece que a me insinuar (eu não tinha feito nada disso antes, que me lembre) e desde aí ela passou a olhar para mim diferente e agora sonhou a ter sexo comigo, eu mentindo disse que foi o mesmo comigo.

Eu não sonhei mas já desejei saber como era aquela senhora inocente e fiel fora do trabalho, isso depois de um dia ela ter baixado e ter deixado a cueca em tamanho grande a mostra. Aqueles cuecas que cobrem o rabo todo. Depois de sonho daqui e sonho dali, eu disse que não conseguiria olhar para ela na segunda-feira feira, ela disse que sente o mesmo.

Comi minha patroa com cara de santa

Na segunda-feira, passamos o dia a trabalhar como se nada tivesse acontecido até que no final do dia ela decide tocar no assunto me chamando de sonhador, ela olha para mim e diz “então, tudo bem por aí sonhador?” Pronto deu asas para mais, fomos falando de quem era o mais sonhador, ela veio para a minha secretária fingir que estávamos a ver um documentos e começou a me tocar nas pernas por baixo da secretaria, tinha a não no mouse mas nada fazia só desfrutava dos toques da minha patroa. Eu já desejava pegar ela, mas tinha receio e medo, foram como habitual todos embora e ficamos os dois na empresa.

Desligamos tudo para irmos embora, ela andava a frente e do nada para de andar e vira-se, da-me um beijo, ela já estava ansiosa por uma atitude minha, depois do beijo que ela me deu, tomei a posição de quem manda, encostei ela a parede e comecei a beija-la, a passar à mão pelo seu corpo, e logo peguei na dela e levei até a minha piça e larguei, ela apertava, apertava enquanto que eu procurava o caminho para meter a minha mão por dentro da calça jeans dela, ela abre o fecho para facilitar, eu dei por mim, tinha a minha mão na cona da minha patroa e ela a mão da minha piça, eu queria meter a piça naquela cona melada e lisa mas ela não deixou disse que se conhecia e que se fizéssemos ali o estrago seria grande, ajoelhou e chupou-me a piça como um gelado a espera que eu me viesse eu disse-lhe que dificilmente me vejo só com chupada.

Ela disse-me que iria ligar ao Marido a informar que vai passar no multibanco, ligou saímos da empresa cada um no seu carro, e nos encontrámos no estacionamento de um restaurante, ela saio do carro dela e subiu no meu chupou, chupou, tirou as jeans e no banco de trás sentou-se por cima de mim e mexia como senão tivesse osso, eu agarrava aquele rabo do tamanho médio, com o meu dedo massacrando o cu dela, até que introduzi o dedo, e santo, para minha surpresa ela não reclamou, eu a fodia com o dedo no cu até que meti dois, e ela delirava, depois ela pergunta se queria meter no cu, eu que a achava inocente, morri de tesão e surpresa do que aquele rosto encondia, era a primeira vez que alguém me pedia para meter no cu sem medo, ela tirou da cona e meteu no cu, ainda na mesma posição, enquanto ela rebolava eu sentia a barriga toda molhada, ela a minha patroa a ter squirts a casa socada, estava a viver um sonho, squirts e anal, com a santa e afinal puta da minha patroa…

Vim dentro do cu dela, abraçámo-nos, não comentamos nada, ela limpou-se com toalhetes perfumados foi para o carro dela e foi para casa, começou a história de empregado e patroa puta que como até hoje, desde no escritório, casa dela, carro, motel e minha casa. Ela é minha puta, que arranja sempre trabalho de rua quando está excitada durante o dia, vamos no carro dela e ela me chupa no trajecto todo!


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2021 - CONTOS ERÓTICOS – Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021)

porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - hentai - X Videos - Filmes Porno

error: