CONTOS ERÓTICOS - Contos Eroticos, Sexo e Porno » Gay » Montador de móvel me descabaçou

Montador de móvel me descabaçou

  • março 14, 2022
  • 11.316 views views
5 votes

Tenho 52 anos e acabei de me divorciar. Tenho 5 filhos, e depois de 32 anos de casado, acabou. Deixei o apartamento onde morava com a minha família todo montado e aluguei um novo, pequeno, de dois quartos. Como precisei comprar novos móveis, optei pelos desmontados, que são mais em conta. Não precisei de ajuda nas prateleiras e tal, mas como afixar armários na cozinha sem ajuda? Procurei um profissional para ajudar. Mal sabia eu o que iria acontecer.

Tinha que colocar um armário de parede em cima da pia. Aí, o cara que contratei me pediu para segurar e peça na altura que eu queria para marcar os buracos onde entrariam os parafusos na parede. Segurei o armário acima da cabeça e ele começou a fazer as marcações para furar os buracos na parede. Os primeiros foram nas pontas, depois o do meio. Onde eu estava.

Ele veio pro trás e marcou a parede com um lápis onde deveria furar o buraco para colocar o parafuso. O armário desandou um pouquinho e ele ajudou a segurar pra não cair. Nisso, acabou acontecendo uma encoxada. Normal pela situação, entendi assim.

Ele fez a marcação correta e acionou a furadeira. Fez os buracos, pôs as buchas na parede e me pediu para segurar novamente o armário para colocar os parafusos. Colocou os dois da ponta e pensei em largar a peça para ele colocar o parafuso do meio, já que estava preso pelas pontas. Mas ele pediu para segurar do mesmo jeito.

“Não deixa o armário sair do lugar. Segura firme”.

Mesmo sem entender por que, continuei segurando. Ele veio por trás e começou a parafusar o armário. Ele estava atrás de mim. Senti a encoxada novamente, mas com um cutucão acentuado na bunda. Aquilo me deixou curioso se o cara estava ou não me encoxando realmente ou se era condição do momento.

Nem deu tempo de pensar mais nada. Senti uma nova cutucada na bunda, era o pau dele, direto na minha bunda. Pensei por um momento em sair dali na mesma hora e já dar esporro no cara, mas fiquei quieto. Com certo tesão!

Estranho para quem jamais tinha tido qualquer forma de contato daquela forma. Meu pinto piscou. E as encoxadas continuaram enquanto ele colocava o parafuso no armário. O cara então passou a praticamente me enrabar. Cada parafusada que ele dava, era um cutucão na minha bunda. Eu estava de calção e ele de calça, mas percebi as cutucadas do pau dele na minha bunda. Nunca tinha passado por situação como aquela.

Em determinado momento, numa das cutucadas, senti o pau dele diretamente na minha portinha. Suspirei. Despertou tesão. Tentei disfarçar, mas ele percebeu que eu estava arrepiado. E voltou a cutucar no mesmo lugar. Suspirei de novo. Cutucada no cuzinho eu nunca tinha levado, e fiquei constrangido, mas com tesão.

Ele percebeu tudo e baixou os braços. O armário estava colocado, ele me abraçou por trás e bafejou na minha nuca, me abrançando por trás. Não me mexi. Ele me encoxou novamente e senti o pau dele duraço me cutucando. Não disse nada. Fiquei quietinho. Era muito tesão de uma forma que nunca tinha sentido.

Percebi então uma mão na minha bunda, entrando na lateral do meu calção. Deixei. A mão dele deslizou e foi para o meu rego, separando minhas bandas. Senti os dedos dele percorrerem minha bunda até chegar no meu cuzinho.

“Tesão”, ele falou baixinho no meu ouvido.

O montador de moveis me enrabou e eu gostei da experiência

Com um dedo, passou a massagear a portinha do meu rabo. Delirei de tesão e gemi baixinho. Com a outra mão, ele baixou de vez mau calção deixando minha bunda nua. Depois, forçou meu pescoço como me pedindo para dobrar para frente, sobre a pia. Fiz isso. Ele então foi abaixando e senti a língua dele molhando meu cuzinho virgem. Eu gemi de prazer. Nunca tinha sentido nada parecido.

Lambeu muito tempo e eu soltava gemidos cada vez mais altos.

“Cuzinho lindo, apertadinho”, disse ele.

Claro que era apertado. Eu era virgem.

Depois de deixar meu cu muito molhado pelas chupadas, voltou a erguer o corpo e passou a me dar mordidinhas na nuca. Nossa…. supirei de tesão. Queria ser abraçado por aquele cara. E senti a língua dele entrando na minha orelha, se movendo. Mais tesão ainda e mais gemidos que dei. Era muito bom aquilo.

Percebi então um volume quente na minha bunda. Era o pau dele. Sabia que estava chegando a hora. Nem pensei em nada. Deixei acontecer. As mãos dele abriram minha bunda e me puxaram um pouco para que eu ficasse mais exposto. Senti a cabeça do pau dele cutucar meu cuzinho. Só cutucar. De leve. Várias vezes. Relaxei pela explosão de tesão que senti a cada cutucada. Estava gemendo. Senti os dedos dele molhando minha entrada e o pau estava ali, endereçado. Senti a cabeça encostada e o início da tentativa de entrar. Fiquei com medo, mas estava com muito tesão.

Deitei meu peito sobre a pedra da pia e levei minhas duas mãos para minha bunda deixando totalmente aberta.

“Devagar. Não me machuca não”, pedi.

“Vai doer não”, ele disse. “Vou ter bastante cuidado”.

Teve mesmo. Ele encostou a cabeça do pinto no meu cuzinho e empurrou lentamente. Doeu assim mesmo, mas começou a entrar. Doeu muito, mas senti um tesão absurdo. A cabeça entrou. Eu gemi de dor. Ele puxou pra fora.

“Tem algum creminho aqui na sua casa?”, perguntou.

Passa óleo de soja, respondi.

Estava ali mesmo, na cozinha. Ele me lambuzou e lambuzou o pau dele. Me pediu para abrir a bunda novamente. Abri e ele se posicionou. Senti a cabeça voltar a entrar no meu cuzinho já não totalmente virgem. E aí começou a viagem.

O pinto dele foi me abrindo e escorregando para dentro.

“Devagar”, eu pedi gemendo de dor.

“Não vou machucar você. Quero te comer sempre, meu gostosinho”.

Senti minhas pregas cederem e o pau dele entrar até os pentelhos encostarem na minha bunda.

“Tá quase tudo. Tá sentindo?”, ele perguntou.

“Ai, ai… achava que já estava tudo”, respondi.

Ele então deu uma estocada de vez. Senti a última dor.

“Pronto, agora está tudo dentro, inteirinho. Não tem mais nada de fora desse cuzinho gostoso”.

Gemi de dor. Ele esperou um pouco e começou a se mexer. Não bombou hora nenhuma porque sabia que estava me descabaçando. Foi e voltou devagar, me punhetando ao mesmo tempo, beijando minha nuca, dando mordidinhas, me arrepiando. Gozamos juntos!

Continuo gostando de mulheres, mas de vez em quando chamo o montador de móveis para montar…. Em mim!


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

9 comentários para “Montador de móvel me descabaçou

  1. Machado • 7 de abril de 2022

    Muito esses contos adoro ler e participar

  2. Klau • 19 de abril de 2022

    Parabéns! Muito bem escrito! Tesudo o teu conto.

  3. Silvio • 19 de setembro de 2022

    Queria que fosse comigo

  4. Francisco • 1 de outubro de 2022

    Eu gosto ser mamado e comer um cu, sou 100% ativo, tem que ser no sigilo pois sou casado, sou do Rio

    • Mamador • 19 de janeiro de 2023

      Tbm sou do Rio de Janeiro casado ti mamo gostoso no sigilo…

  5. D. • 13 de janeiro de 2023

    Adorei seu conto se mora em SP vou fazer uma visita!!!

  6. Jo • 15 de maio de 2023

    Meu irmão Tb comeu meu cuzinho virgem ao ajudar a colocar o chuveiro. Estava molhado e meu calção mostrou meu bumbum cheio e gostoso. Me descabacou, doeu mas adorei .

  7. João • 22 de setembro de 2023

    Como adorava que me tirassem o cabaço no cu. Sempre quis experimentar 20 cm de pau a jorrar leite dentro de mim e nunca consegui

  8. Rogério • 25 de março de 2024

    Alguém pode me encima a entrar em contato com alguém dos comentários

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2024 - CONTOS ERÓTICOS – Contos Eroticos, Sexo e Porno

pornô - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - hentai - Filmes Porno - Porno - Xvideo - Videos de Sexo - Cnnamador - Xvideos - Xvideos10 - Videos Pornô - Xvideos onlyfans