Minha esposa deu pra nosso cliente

  • agosto 16, 2019
  • 13237 views
8 votes

Esta historia aconteceu a cerca de 3 anos atras, eu Tenho 33 anos e ma empresa pequena de reformas e construções, por coincidência minha esposa é arquiteta, ela tem um escritório de arquitetura muitas vezes acabamos trabalhando juntos, porém raramente comentamos que somos casados para nossos clientes por motivos estratégicos.

Conheci por indicação de um cliente um novo cliente que morava em uma cidade mais distante da nossa, pelo porte do projeto acreditei que seria uma investida interessante.

Viajei até o meu cliente, um cara bonitão, confiante, um empresário do ramos de festas noturnas. Tivemos uma reunião no fim da tarde logo após minha chegada a cidade, realmente era um projeta bastante interessante, porém muito vago, um traço marcante dele é a agilidade de decisões, muitas vezes ousadas.

A reunião foi um sucesso, nossas ideias se encontravam tanto que me convidou para ir a uma festa dele, sem pensar aceitei. Fui ao hotel, descansar e me arrumar para a noite.

Ficamos em uma área mais reservada da casa conversamos muito principalmente sobre aventuras com mulheres, durante aquela noite vi que as aventuras que ele se gabava eram reais. Foi uma noite incrível, bebaço curtimos muito, não peguei nenhuma mulher por opção própria, o André acabou a noite com uma loira gata de mais.

No outro dia estava de partida, retornando para casa e resolvo avisar o meu novo cliente sobre a indicação de uma arquiteta para o trabalho, em tom de brincadeira ele avisa:

– me traz uma bem gostosa.

Por coincidência a arquiteta que tinha em mente era realmente muito gostosa, minha esposa tem 30 anos 1,65 de altura, 400 ml de silicone nos peitos, cabelos longos lisos e pretos, sempre anda de salto, no dia a dia usa bastantes vestidos ou saia e camisetas sempre com decotes, no entanto seu jeito de ser bastante simpática, aberta, brincalhona, passa muita impressão que esta dando mole para os caras, o que facilita muito a aproximação de novos machos.

Ele era muito imediatista e tinha capacidade de tocar o projeto com agilidade, assim marcamos mais uma reunião com a arquiteta para formar o projeto mais concreto, reservamos um hotel para pernoitar, e fomos a reunião. Minha esposa estava ciente sobre todos os detalhes da minha ultima ida.

Minha esposa foi muito formal de sapato de salto alto, uma saia justa no meio da coxa e uma camisa mais folgada com os botões aberto deixando um generoso decote, já nosso cliente foi bastante receptivo, sem nenhuma conotação sexual ou indireta á ela.

Outra reunião bem sucedida, minha esposa comentou que era um homem bastante atraente. No hotel relaxando um pouco, ele me manda umas mensagens dizendo:

– Mano essa arquiteta muito GOSTOSA.

Ele sabia que eu era casado, pois já havia comentado em nosso primeiro encontro, no entanto nunca mencionei que minha esposa era a arquiteta que ele acabou de chamar de gostosa.

Mostrei minhas conversas com ele, para minha esposa, ela achou muito engraçado e excitante, mas não misturamos trabalho com nossos fetiches. Por mais que ela tinha se interessado nele a sua conduta ética a impedia.

Na festa ficamos em um local melhor na festa acredito que estava bastante afim de impressionar minha esposa, já minha esposa não deixou por menos, usou umas botas bom meias arrastão, e um vestido justo com bastante decote e uma saia com uma grande fenda.

Ele sabia dar uma festa e mais uma vez foi uma noite muito animada, ele constantemente dava indiretas pra ela, dava umas chegada e ela sempre se esquivava, apesar de termos combinado que não iriamos avisar do nosso relacionamento, pelos olhares nós já sabíamos o que cada um pensava, ela podeira muito bem abrir o jogo e encerrar o assunto falando que era minha esposa, apenas falou pra ele que era casada.
Mesmo naquela noite ela resistiu e não ficou com ele, porém uma grande intimidade já havia iniciado.

Após esse dia ela me falou que estava muito afim mas seria ruim para os negócios.

Ficamos mais umas 3 semanas ainda conversando por telefone, mensagens e-mail sempre de forma muito profissional. Claro que ele não perdia a chance de dar indiretas pra minha esposa.

Até que chegou o momento da execução do projeto já aprovado. era um projeto de 3 meses então como estratégia decidimos que eu iria cuidar da logística para os funcionários e a execução e ela ia cuidar dos detalhes a ser resolvidos com o cliente, assim ela não precisava ficar muito tempo ausente dos trabalhos já existentes.

Já com toda parte burocrática resolvida, fui até lá com 1 semana de antecedência para resolver a logística, alugar casas para os funcionários, organizar o local de serviço, diariamente conversava com nosso cliente, ele não perdia a chance de falar o quanto minha esposa era gostosa e que iria comer ela, era só uma questão de tempo, questionava a confiança dele, que sempre aproveitava a situação para alfinetar o marido dela falando que ela era mal comida, mal ele sabia que eu era o marido dela.

Até que fomos inciar o projeto recebi os funcionários já comecei as ordens e prioridades, e a minha esposa veio junto para me auxiliar na primeira semana. Neste momento perdi o contato frequente com nosso cliente para focar no projeto, enquanto minha esposa cuidava dos detalhes da obra com nosso cliente.

Todos os dias ficava na esperança que minha esposa contasse algo a cada encontro, porém ela nada me falava, já o nosso cliente toda hora falava o como era gostosa a arquiteta, que iria passar a rola sem dó, dos decotes dela, pois ele já tinha a noção que ela estava muito afim porém algo a impedia como o trabalho ou o fato de ser casada.

O nosso cliente era muito determinado e tinha minha esposa como seu objetivo, já sabia que era apenas uma questão de tempo.

Também sabia que durante esse tempo todo de contato constante, em algum momento iria acontecer, durante a primeira semana que minha esposa ficou comigo sempre questionei se havia rolado algo. Minha esposa achava ele lindo e gostoso, porém muito cafajeste, já que ele contavam muita vantagem de suas conquistas. mas ainda muito em duvida pelos riscos pessoais de se entregar a ele.

Se passou um mês do projeto bastante adiantando, eu iria precisar me ausentar do projeto para resolver outros assuntos em nossa cidade, como já programado minha esposa ficou no meu lugar 1 mês coordenando o projeto próximo ao nosso cliente.

Nosso cliente ficou muito feliz com a mudança, já prometia pra mim que ia fazer a arquiteta de puta dele, para entrar na brincadeira pedi uma foto para provar, ele falou que claro que ia se lembrar de mim na hora que estivesse comendo, já que eu apresentei.
Antes dela ir viajar já fantasiamos enquanto transávamos sobre ele comer minha esposa. quando nos despedimos perguntei se ela iria trair o marido dela ele e ela respondeu:

– que marido? e riu.

A ansiedade era muito grande, no primeiro dia eles não se encontraram ela se focou no projeto, porém no segundo dia ele me contou que iria sair com a arquiteta para conversar sobre o projeto, apesar de ainda estar ansioso já não estava muito animado com aquele dia, pois sei como minha esposa é profissional.

No outro dia quando acordo vejo algumas notificações do nosso cliente, abro o celular a primeira imagem que abre é da minha esposa fazendo um boquete e logo depois um vídeo enquanto ela tomava banho fiquei muito excitado, liguei pra ele na mesma hora. me contou todos os detalhes, que ele ia buscar ela no hotel para jantar e conversar, mas chegando lá, ela pediu pra ele subir, pois iria demorar um pouco, quando ele subiu minha esposa recebeu ele no quarto apenas de lingerie, ele falou que ela estava tão vagabunda que puxou ele para dentro do quarto e ficou beijando ele e tirando o pau dele pra fora pra ela mamar ele saiu do quarto por volta das 4h da manhã, e segundo ele comeu de uma forma de deixar o corno com inveja, realmente estava com inveja….

Por volta das 10h da manhã minha esposa me manda sua primeira mensagem, perguntei o que havia sido conversado entre eles na noite anterior, ela me falou que foram a um restaurante conversaram sobre o projeto, achei estranho, e tentei ser mais direto, não rolou nada entre vocês, ela negou, disse que ele tentou algumas vezes, mas ela rejeitou, achei estranho, porém já havia visto uma foto dela chupando e outro um vídeo dela no banheiro tomando banho.

Resolvi entrar na onda, e deixei pra lá,

Aquele era o segundo dia de um mês que ele ficariam juntos, e eles já passaram a noite fodendo, no próximo conto continuo o que ocorreu nesse mês…


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

5 comentários para “Minha esposa deu pra nosso cliente

  1. Anônimo • 17 de agosto de 2019

    Adoro meter com mulher casada e o corno deixando fazer tudo com ela.,se tiver alguma casada por aí me chama no whatsapp (xx)xxxx

  2. C • 1 de setembro de 2019

    Bucetinha molhada vontade de meter gostoso

  3. Valdo • 24 de novembro de 2019

    Me contate, vou te satisfazer de forma inesquecível, vó meter gostoso nessa bucetinha molhadinha.

  4. Tarado • 26 de fevereiro de 2020

    Se você marido tem desejo de ver sua esposa transando com outros homens me contate, pois tenho excelente nível, sou saudável e manterei o sigilo.
    Interior de sp

  5. Edu • 7 de julho de 2020

    Otimo conto

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2021 - CONTOS ERÓTICOS – Contos Eroticos, Sexo e Porno (2021)

porno - xvideos - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - hentai - X Videos - Filmes Porno

error: