Pegando gostosa casada (parte 1)

  • setembro 9, 2020
  • 618 views
8 votes

Bom, meu nome é Bernardo*34 anos atualmente. Há uns 12 anos atrás comecei a entrar nas salas de bate papo afim de conhecer novas pessoas. Foi aí que conheci Edilene*,  30 anos, casada, três filhos. Eu com 22 anos, já gostava de ficar com mulheres mais velhas.

A conversa começou inocente, mas foi ganhando intimidade com o tempo, uma conversa mais picante rolava de vez em quando.

Edilene morava em uma cidade vizinha, isso parecia ser um problema, casada, de outra cidade ainda por cima. Mas quando me dei conta, estávamos conversando todos os dias, passávamos horas conversando. Sempre mandava mensagens, e ela pra mim. Quando rolava um papo sobre sexo já tava um tesão.

Adiantando o assunto, um dia pedi fotos do corpo dela, ela disse que tinha vergonha, pediu minha, já mandei do meu pau, já pra ela saber qual era a intenção, ela se mostrou vergonhosa, mas acredito que aquilo mexeu com a cabeça dela. Foi então que ela criou coragem, e mandou algumas fotos dela de lingerie, preta, com meia calça na altura das coxas. Muito gostosa. Dai em diante a conversa mudou, eu já queria ver ela toda nua.

O fato dela morar longe ajudava a criar algo mais sacana com uma mulher casada. Eu já queria pegar aquela mulher de jeito, meter na buceta dela com força, e eu sempre dizia isso pra ela, e ela sempre dizendo que tava louca pra me dar. Aí as conversas era sobre sexo o tempo todo.

Sexo virtual com a casada gostosa

Sempre mandava fotos do meu pau duro, ela meio tímida, ou com medo do marido descobrir não mandava, foi quando um dia, a gente conversando, ela sozinha em casa, marido e filhos haviam saído, disse que queria conversar pela webcam. Eu já dei a entender qual era o propósito daquilo. Conversa vai, conversa vem, pedi pra ver os peitos, ela retrucou mas acabou cedendo, aos poucos foi mostrando aqueles peitos maravilhosos.

Eu já louco de tesão com o pau duro pra fora, pedi pra ver a buceta, aí que ela ficou com mais vergonha, mas ela estava de saia e sem calcinha, (parece que ela tbm já sabia que aquilo iria rolar) então ela foi levantando a saia devagar e aquela buceta raspadinha aparecendo. Ela já toda molhada, e eu de pau duro só querendo ter ela na minha cama.

Daí em diante o assunto definitivamente era só sexo, o tempo todo. Sempre que estávamos a sós, era sexo por telefone, webcam, sempre batia uma punheta e gozava pra ela vê enquanto ela se masturbava.

Sempre que eu via ela pela webcam ficava louco pra ela tirar toda roupa, adorava ver ela enfiando os dedos na buceta tão molhada que escorria, ela dizendo que queria meu pau todo dentro dela. Com o tempo aquilo virou um vício, mas era nosso segredo.

Vou encerrar por aqui por hoje, mas, nos próximos contos vou relatar mais sobre o que aconteceu, e sobre O dia que finalmente nos vemos pessoalmente.

Até a próxima!

(*) Nomes fictícios para preservar a identidade.


Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2020 - Contos Eróticos – Contos de Traição, Incesto, Pornô e Sexo

porno - xvideos porno - quadrinhos eroticos - hentai - Xvideos - Xvideo - Xvídeos - Acompanhantes DF - X Videos - Filmes Porno

error: