O dia que comi a esposa traída

  • maio 15, 2020
  • 998 views
1 vote

Foi por acaso que conheci a Maria(*), uma baixinha gostosa, linda e muito simpática.

Tudo começou quando recebi uma ligação de Juliana(*), uma conhecida minha que teve um caso amoroso com O marido de Maria, aqui o chamarei de João(*).

Maria descobriu tudo sobre seu marido e Juliana, esta por sua vez me ligou, como eu disse antes, para ajudá-la e limpar a barra do João, acreditaram que eu iria ajudá-los e passaram meu contato para Maria, foi aí que começamos a conversar rsrs.

Conversa vai e conversa vem, eu ao invés de ajudar o João e Juliana em sua aventura sexual, resolvi ficar do lado de Maria e abri o jogo, confesso que naquele momento me veio uma fantasia de que poderia sair com aquela mulher furiosa com o marido, mas minha fantasia ainda estava distante rsrs. Mas conversamos quase que o dia todo, e vários dias, ela não sabia mas eu já falava com ela de pau duro só em ouvir aquela voz delicada e safadinha, porém irritada com o marido, mas ainda pensei quão gostoso seria eu com aquela mulher na cama para se vingar do marido que ficou com a Juliana, afinal eu merecia porque abri o jogo para ela rsrs.

Resolvi pedir uma foto sua e para A minha surpresa, pela foto vi aquela mulher linda, mas era o que pensei, uma cara de safada, mas eu não sabia e podia falar isso, mas resolvi no ato dizer quanto é linda e carinha de safada rsrs ela sorriu e correspondeu e isso me abriu caminho para continuar a conversa pouco mais calorosa.

Certo dia eu a chamei para sair ela ficou me enrolando, afinal é uma mulher de família e não fazia aquilo que seu marido fez a ela, então eu arrisque e insistir chamei para sair mandei mensagem pelo zap, certo dia ela tomou coragem e me convidou para sair e eu fui ao seu encontro, mas ela não podia demorar muito, afinal, trabalhava numa farmácia próxima a sua casa e não podia dar qualquer bandeira, então resolvemos sair para nos conhecermos e conversar um pouco em um lugar não tão íntimo, mas seguro e fomos conversar no estacionamento do Shopping da sua cidade, já no caminho eu fui passando as mãos em suas pernas e ela me disse que estava toda melada, ela não viu mas meu pau já estava latejando e imaginando comendo aquela buceta deliciosa de uma mulher que não era minha rsrs.

Transando gostoso no carro

Chegamos no estacionamento fechamos os vidros e começamos a nos beijar, beijei falando em seus ouvidos, sem demora enfiei as mãos por dentro de sua calcinha e senti sua buceta muito melada hummm, em seguida abri seu short, tirei e puxei sua calcinha de lado e comecei chupar aquela buceta que tanto imaginei em minha boca, lembro que era quente e muito melada ela sussurrava gemia e cada vez ficava ainda mais melada eu chupei sua buceta como nunca tinha feito com outra mulher, abri suas pernas e lambi seu cuzinho, era muito gostoso porque ela não só tinha a cara de safada mas era de fato uma putinha na hora do sexo e só o marido dela não sabia disso, eu chupei sua xota e lambi seu cuzinho a vontade que o cheiro da buceta dela ficou na minha boca e eu não quis lavar rsrs,.

Maria não ficou parada e caiu de boca em minha pica, eu via ela chupando minha rola grossa naquela boquinha e babava minha rola toda porque mal cabia em sua boca, ela chupava rindo e feliz o meu pau, deixou todo lubrificado e sem dizer nada sentou na minha pica, me ajeitei no banco do carro, isso não foi problema porque ela é baixinha, ela sentou aquela buceta melada descia e subia deliciosamente, ela gemia e eu também, muito gostoso aquela buceta quente e ela estava ali por um acaso rsrs.

Enquanto ela descia e subia eu passava os dedos em seu cuzinho, ela prometeu que na próxima eu iria comer seu cuzinho e não podíamos demorar porque ela ainda iria trabalhar e estávamos no estacionamento, então só meti em sua buceta e Não resisti e gozei em sua buceta, ela também gozou no meu pau, que delícia ela saiu do meu colo e pude ver a porra cair de sua buceta rsrs que tesão!

Saímos dali e marcamos outra saída dessa vez motel.

(*)Os nomes são fictícios mas a história real .


Ver mais relatos de contos eróticos com fotos

6 comentários para “O dia que comi a esposa traída

  1. Carola • 17 de maio de 2020

    Sou viúva esse contos me consolam.saudades de um pau.

    • S. • 17 de maio de 2020

      Hoje eu conheci uma viúva que estava há muito tempo sem transar, foi uma delícia quando eu a encontrei ela não melava a buceta, ela jorrava de tanto tesão das coisas que eu falava para ela. Me passe seu contato para conversarmos.

    • S. • 17 de maio de 2020

      Passa seu contato, tenho uma pica gostosa que vai adorar rsr

    • Rai • 17 de maio de 2020

      Ei!!!
      Na hora que vc quiser matar a saudade, estarei à sua disposição, para reavivar essa bucetinha depiladinha maravilhosa que vc tem!!!
      Bjs,

  2. Wendel • 17 de maio de 2020

    Sensacional!

  3. Anderson • 18 de maio de 2020

    sou louco pra comer uma viúva , chupar todinha senti seu gozo na ponta da minha lingua.

Deixe seu comentário

Meus contos eroticos é o melhor site de relatos eróticos da internet. Sempre com os contos mais picantes e cheios de sensualidade. Aqui tem um acervo de histórias reais sobre sexo, para todos os gostos. Tem contos pornô gay, hétero, fetiche, corno, coroas e muito mais. O meu contos eróticos é atualizado diariamente, trazendo para os leitores, o melhor em conteúdo totalmente grátis para você soltar a imaginação e curtir muito prazer com cada relato real contado aqui. Você pode compartilhar com a gente o seu conto, basta clicar no link e colocar a criatividade em prática, contemplando os leitores com suas experiências sexuais mais safadas.
© 2020 - Contos Eróticos – Contos de Traição, Incesto, Pornô e Sexo

porno - quadrinhos eroticos - hentai - Xvideos - Xvideo - Xvídeos - Acompanhantes DF - X Videos - xvideos gratis

error: